Bloqueio de copias

analytics

21 setembro, 2014

Uma das fases de produção dos corsets, colocar ilhós

Fiz esse vídeo mostrando uma das etapas finais de confecção dos corsets, a colocação de ilhós, para que vocês vejam que realmente a produção das peças é bem artesanal.




17 setembro, 2014

Underbut em sarja recorte canoa

Adicionei outro modelo ao site, para quem não curte a pontinha abaixo do busto este é o modelo ideal.

Para ver outros modelo e opções de cores acesse nosso site no link da opção tight lacing.


06 setembro, 2014

Conseguirei vestir o meu corset sozinha?

Sim você consegue vestir facilmente o seu corset sozinha.

As peças modernas são feitas com um tipo amarração que facilita para que a própria usuária vista a peça sozinha, não sendo necessário pedir ajuda a ninguém.

A área de regulagem fica na altura da cintura, de forma que você consegua distribuir facilmente a pressão, depois de amarrado é só ir puxando com os dedo e ir folgando a parte superior a do tórax e inferior, a do quadril, fazendo com que a área de maior pressão seja apenas a região da cintura

Abaixo a imagem de uma moça ajustando o seu corset com os elos de regulagem ao meio da peça.


Em peças antigas podemos notar que a amarração era feita na parte superior ou inferir, e muitas sequer possuíam busk, as peças era muito pequenas sem muita sobra de cordão então a amarração tinha que ser refeita toda vez q a moça precisasse vesti-lo e isso fazia com que fosse impossível que a própria pessoa se vestisse sozinha, bem isso além da quantidade de peças de roupa e armações de saia, mas isso é de proposito pois era de bom tom que uma moça tivesse uma criada para auxilia-a nessas tarefas...

E isso não é mais um costume que faz parte da nosso cotidiano atual não é mesmo?

Segue abaixo um dos exemplos mais famosos em que todos pensam quando surge a dúvida se é possível ou não vestir um corset sozinha. No caso, jamais a Scarlett O'hara conseguiria se vestir sozinha pois a amarração do seu corset, não ficava no meio da peça, o laço era feito na parte inferior, e pela imagem da para perceber que a sua criada está refazendo a amarração e nem chegou la ainda, todas as vezes que ela precisasse vestir ou tirar o seu corsets toda a amarração teria que ser refeita e desfeita.
Bem trabalhoso não é mesmo?



Então não se preocupem que pois vocês irão conseguir vestir a o corset sozinhas, basta um pouquinho de prática e tempo para que a tarefa se torne fácil.




28 agosto, 2014

Como saber se a peça é um corset de verdade?

De alguns anos para cá desde quando o corset veio ganhando fama e voltou ao guarda roupa feminino, muitas peças são vendidas por aí como corsets e na verdade não são.




Como vou saber se a peça é um corset de verdade?

Ha algumas regras básicas como ter a amarração nas costas para permitir a regulagem, se feito com os materiais apropriados e a mais importante é modelar a cintura, se o caimento da peça é reto e deixa a silhueta da pessoa parecendo um tubo, fuja dela .
E não é porque tem a regulagem nas costas que a peça serve em qualquer tamanho. Corsets não são tamanho único, nenhum corpo é exatamente igual a outro, uma pessoa com 1,50m de altura pode até ter as medidas horizontais iguais a uma pessoa de 1,80m, mas com certeza as medidas de altura da peça não são iguais, elas sempre variam. Por isso trabalhamos com peças sob medida.


Não é porque tem busk e barbatanas de aço que automaticamente uma peça se torna um corset.

Apesar de serem impostantes, não são apenas essas coisas que fazem a peça ser um corset, mais importante do que isso é a peça ter uma boa modelagem, ser bem feita, ter uma boa estrutura e ser capaz de modelar a cintura, corsets obrigatoriamente modelam a silhueta. Quem confecciona precisa conhecer a peça e saber e muito bem o que está fazendo.


Não é o fato de estar sendo vendido pronto que faz a peça deixar de ser um corset

Vamos lá, isso é um mito que vejo as pessoas repetirem muito em grupos e sem pensar muito sobre...

Primeiramente vamos ao porque não vendemos corsets prontos... Porque cada corpo é diferente um do outro principalmente nas medidas de altura da peça, então é muito complicado achar uma dona ideal para uma peça pronta e ela não pode ser vendida para qualquer pessoa. Muito raramente até colocamos a venda peças prontas que são de mostruário do ateliê ou que usamos para fotografar, mas é muito raramente mesmo, isso acontece quando ha troca de coleção e precisamos de espaço no ateliê para modelos novos, outros ateliês também fazem o mesmo. E isso não quer dizer que a peça deixou de ser um corset só porque ja está pronto.
O fato é que da bastante trabalho vender essas peças prontas, pois às vezes algumas clientes que se interessam não possuem as medidas ideais, e tenho que ser muito sincera em dizer quando a peça não serve para elas e recusar a venda pensando no próprio bem estar da pessoa.

E muitas vezes quando falamos de peças prontas, há casos de lojas que mantém estoque grande de peças produzidas a baixo custo, esse baixo custo seria devido a troca dos materiais ideais que são caros, por materiais inferiores de baixa qualidade, isso pode ocorrer tanto ao que ser refere à tecidos, quanto aos metais, quando são os metais ja passa a ser algo bem preocupante, pois ja vi peças feitas com talas de aço extremamente duras ou aquelas que médicos usam para ataduras, algumas até mesmo com as pontas sem lixar, apenas enroladas em fita crepe, e isso pode machucar ou prejudicar a coluna da pessoa, e definitivamente não são os materiais ideais.
Então talvez quem ache que não existe corset pronto esteja pensando nesses casos, o caso é que a maioria dos ateliês de corsetmakers responsáveis, assim como o nosso prefere não trabalhar com peças prontas para poder focar em qualidade e não em quantidade.

Então resumindo... O fato de uma peça ser ou não um corset está em como ela foi feita, se a modelagem é boa e os materiais são ideais e de boa procedência e qualidade.


Usar corset não doi.

Não, um corset não tem que causar dor para fazer efeito, dor não é algo normal é um aviso do corpo que algo de errado está acontecendo, então se isso está acontecendo não ignore e verifique oque ha de errado.


A escolha do modelo depende da intenção de uso.

Existe uma infinidade de modelos, tanto para uso diário quanto ocasional, a sua escolha vai depender de qual seria a intenção de uso, em nosso site explicamos isso nas categorias dos modelos.


Para outras duvidas navegue nos links aqui no blog e vite o nosso site ou consulte o FAQ em nosso site.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...